Curtir no Facebook

FUNGO CAUSADOR DA CASPA SE REPRODUZ NO COURO CABELUDO

Como funciona o fungo causador da caspa - Primeiro, os pesquisadores cultivaram fungos suficientes para causar caspa em 10 milhões de pessoas. Depois, seqüenciaram (ou seja, soletraram) seus genes. Finalmente, descobriram que a criatura não apenas vive no nosso couro cabeludo e causa caspa como também pode estar fazendo sexo. Na sua cabeça. Agora mesmo.

Essa é uma das descobertas de uma equipe de pesquisadores da Procter & Gamble que decifrou o genoma do Malassezia globosa, que cresce na pele de até 90% da população e causa, além da caspa, causa uma série de outras doenças de pele. Os pesquisadores dizem que o trabalho pode ajudar a enfrentar a caspa e até uma infecção que pode matar recém-nascidos.

A equipe da P&G Beauty, subsidiária da mesma empresa que fabrica papel higiênico, xampu e outros produtos, afirma que o M. globosa é capaz de secretar mais de 50 enzimas diferentes, que o ajudam a digerir substâncias presentes no cabelo e no couro cabeludo. Ao "comer" essas substâncias, ele libera outras que provocam a morte excessiva de células do couro cabeludo, surgindo então a caspa, a qual é, na verdade, um acúmulo desse tecido morto.

"O genoma também revelou a presença de genes ligados ao acasalamento, o que indica que oMalassezia pode ser capaz de fazer sexo", escrevem os cientistas em artigo na revista especializada americana "PNAS" .

Outros fungos podem se reproduzir de forma sexuada, mas isso nunca havia sido verificado nesse gênero fúngico. O sexo pode ajudar na variabilidade genética do parasita e ajudá-lo a escapar de ameaças, como os xampus anticaspa. Para o projeto, os pesquisadores cultivaram 10 litros de fungo, quantidade igual à encontrada nas cabeças de 10 milhões de pessoas.

Postar um comentário

0 Comentários