Curtir no Facebook

O QUE É SEMOLINA, PROCESSO E FABRICAÇÃO

O que é semolina - A semolina é um subproduto do trigo que, após o processamento e trituração para se fazer a farinha, conforme a semente originam-se vários tipos de farinha de trigo (perdoe-me a redundância).

A sêmola ou semolina é a farinha que tem alta capacidade de "diástase" (que são compostos que contém enzimas do grupo alfa-amilase, juntamente com o amido que serve de recipiente ou veículo. Sua função é compensar (e aumentar) a baixa capacidade das enzimas (que nos dão azia) da própria farinha e realizar sua função diastática. Atuam diretamente na normalização do volume dos pães e colaboram na sua coloração), ou seja, a semolina contribui para que o pão, as massas em geral, fiquem mais gostosas e leves, diferentemente da farinha de trigo tipo II (cujas sementes sofreram quebra de irrigação), onde o pão sai preto e pesado e é de difícil digestão.

O que muitas padarias fazem é misturar, numa preoporção de 2 para 5, as farinhas tipo I e II para baratear o custo do pão. Quando você ver um miolo acinzentado, pode brigar com o português da padaria que ele está te enganando.

Quando você ver um paozinho amarelinho, leve (sem bromato), miolo branquinho, suave, crocante e cheiroso, esse aí tem 15% de semolina adicionada à farinha de trigo tipo I.

Em tempo, há um projeto na Câmara Federal onde o deputado (e presidênte da Câmara) Aldo Rebelo quer tornar lei a insersão de farinha de mandioca nos pães. É um hábito do norte e nordeste brasileiros, o pão de mandioca, mas garanto que vai arruinar nosso paozinho francês.

Resumo: O que é semolina. Veja aqui no resumodicas tudo sobre O que é semolina.

Postar um comentário

0 Comentários