Curtir no Facebook

DICAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO PARA CONCURSO INSS 2012

Os professores Mariano Borges, do GranCursos de Brasília, e Renata Jorge, do curso Degrau Cultural, no Rio de Janeiro, apresentaram dicas do que pode cair na prova de Direito Administrativo do INSS, no próximo domingo (12), e como os candidatos devem se portar diante da avaliação. Para Mariano Borges, o foco desta prova será em administração pública e conteúdo organizacional. Por sua vez, Renata Jorge alerta sobre o costume que a Fundação Carlos Chagas, organizadora do concurso, tem de aplicar 'pegadinhas' nas questões. Para evitar cair numa 'armadilha' elaborada pela banca, o candidato deve ter atenção máxima aos enunciados, aconselha ela.

Qual sua análise sobre o programa de Direito Administrativo do concurso para técnico do INSS? Quais são os cinco tópicos mais importantes, que devem obrigatoriamente ser revisados nesta semana que antecede a prova?
Mariano Borges -
 O programa de Direito Administrativo é bastante completo, abarcando quase que a totalidade da estrutura teórica do tema. O edital do cargo de técnico traz o acréscimo de conter a Lei do Processo Administrativo, o que é natural, já que esta é um conhecimento inerente à própria atividade da área burocrática. No bojo, os editais, são iguais. E dentre os assuntos com maior possibilidade de incidência acredito em um foco mais intenso na parte de Administração Pública e, em especial, no Conteúdo Organizacional.
Renata Jorge - Caso pudesse focar em cinco tópicos, eles seriam: Administração Pública Direta e Indireta, Princípios, Servidor Público, Serviços Públicos e Poderes Administrativos.

Como a Fundação Carlos Chagas (FCC) costuma cobrar o conhecimento em suas questões? Há "pegadinhas" nas questões? Que tipo de orientação podem dar aos candidatos?
Mariano Borges -
 O principal destaque das provas é a cobrança fiel do texto de lei, ou seja, a reprodução dos dispositivos legais em sua integralidade. Nesse contexto o candidato deve pautar seu estudo, focando também a leitura sistematizada dos  diplomas normativos e não limitar-se ao estudo dos manuais, doutrinas e jurisprudências. Importantíssimo também é a resolução de exercícios. Quantos? Todos quantos puder fazer.
Renata Jorge - A FCC costuma cobrar letra de lei, sendo bem objetiva e não muito rebuscada. A prova da Fundação Carlos Chagas é baseada na "decoreba" e possui muitas "pegadinhas", como trocar uma palavra ou outra de um texto legal. Mas, no geral, não é uma prova complicada. O candidato que estudou bastante não encontrará nenhuma dificuldade.

O que indicaria para os candidatos nessa reta final de estudos?
Mariano Borges -
 Entenda a banca e para isso pesquise sobre o examinador, conheça  sua história, descubra suas tendências. Uma forma de conhecer a banca examinadora é refazer provas anteriores, disponíveis nos sites. Assim, é possível assimilar o modelo de avaliação. E lembrem-se: o único lugar aonde sucesso vem antes de trabalho é no dicionário. Por isso, estude sempre.
Renata Jorge - Os candidatos devem ficar muito atentos aos enunciados. Prestem muita atenção no enunciado da questão para não cair em "pegadinhas". Nesta reta final, o ideal é ler resumos e a letra da lei.


Dicas Importantes
* A banca da FCC costuma cobrar questões relacionadas a princípios da Administração Pública.
* A parte Constitucional da Administração Pública também merece atenção especial.

* Em Improbidade Administrativa, fique de olho no artigo 12, da Lei 8429/92.

* Na Organização Administrativa da União, atenção às diferenças entre Administração Direta e Indireta, bem como entre desconcentração e descentralização.

* Na parte de Serviços Públicos, fique ligado no artigo 6º que trata dos princípios do serviço adequado.

* Controle e Responsabilidade da Administração: dê uma verificada no artigo 37, parágrafo 6º da Constituição, que fala da Responsabilidade Civil do Estado.

** Veja mais dicas de como se dar bem no concurso inss 2012

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Parabéns pelas dicas foram muito inteligentes e benefica esse cara e muito bom mostra ter conhecimento real sobre concursos. nilton roberto de Rolandia-Pr.

    ResponderExcluir