Curtir no Facebook

LUCRO DA VALE EM 2011 BATE RECORD ATINGINDO U$$22,885 bilhões


A mineradora Vale alcançou lucro líquido consolidado recorde de US$ 22,885 bilhões em 2011, segundo o padrão contábil americano (US Gaap), o que representa uma alta de 32,6% frente aos US$ 17,264 bilhões apurados em 2010.
No quarto trimestre, o lucro líquido foi de US$ 4,672 bilhões, queda de 21%  por cento na comparação com o mesmo período de 2010, mas o resultado foi suficiente para fazer a mineradora fechar 2011 com um novo recorde anual.
"Os resultados do 4T11 foram bastante robustos, mas inferiores ao 3T11, como consequência de menores preços devido à recessão europeia e às expectativas negativas produzidas pela crise de endividamento da zona do euro", afirmou a companhia em comunicado.
No ano, a receita líquida da mineradora cresceu 29,9%, para US$ 60,389 bilhões.
A maior produtora de minério de ferro do mundo reportou Ebitda ajustado (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), excluindo ganhos não-recorrentes, de US$ 7,396 bilhões no quarto trimestre, ante US$ 8,869 bilhões entre outubro e dezembro de 2010.
O Ebitda ajustado foi de US$ 33,759 bilhões em 2011, crescimento de 29,26%
"Batemos vários recordes, a despeito de um ambiente econômico desafiador. A execução disciplinada de nossa estratégia e a performance das operações foram essenciais para que pudéssemos nos beneficiar da forte demanda global por minérios e metais", disse Murilo Ferreira, presidente da Vale, em comunicado.
As vendas de minério de ferro e pelotas da Vale somaram 299,1 milhões de toneladas em 2011, novo recorde, informou a empresa nesta quarta-feira.
Os números estão de acordo com o padrão US Gaap. A Vale divulgou seu balanço no exterior antes da publicação oficial no Brasil.
Valores em realNa moeda nacional, o lucro líquido da Vale em 2011 foi de R$ 37,814 bilhões – superior aos R$ 33,31 bilhões da Petrobras, divulgados na última quinta-feira (9).
O lucro líquido da mineradora foi 25,8% superior ao recorde anterior de R$ 30,070 bilhões em 2010.
A receita operacional – também recorde – atingiu R$ 105,520 bilhões em 2011, 23,6% acima
da marca do ano passado de R$ 85,345 bilhões.
(Com informações da Agência Estado, Reuters e do Valor Online)

Postar um comentário

0 Comentários